O Sacrifício de Jesus na Cruz do Calvário Foi ou Não Foi Suficiente Para o Novo Nascimento de Todo Aquele Que Crê?

Infelizmente muitas Igrejas dizem, através de suas ações e pregações, que o sacrifício de Jesus na cruz do calvário não foi suficiente para a nossa salvação, pelas suas ações dizem que o sacrifício de Jesus Cristo não foi o suficiente para o novo nascimento de todo aquele que crê em Cristo.

Está claro na Bíblia que o sacrifício de Jesus perfeito na cruz do calvário foi feito para que não precisássemos fazer mais nenhum sacrifício. Ele nos aperfeiçoou para sempre, ele deu fim a lei na cruz, o sacrifício que ele fez na cruz tem validade eterna.

Cristo disse na cruz: “tudo está consumado“, ou seja a lei está cumprida, os sacrifícios estão cumpridos. Veja o que está escrito no versículo abaixo:

Hebreus 10:14

Porque, com uma única oferta, aperfeiçoou para sempre quantos estão sendo santificados.

o sacrifício de Jesus

O que significa “aperfeiçoou para sempre quantos estão sendo santificados”? Significa que ele nos aperfeiçoou para sempre, significa que não precisamos mais nos aperfeiçoar para sermos salvos.

Veja o significado de “aperfeiçoar”: Tornar perfeito, completar a obra. Ou seja, Jesus já completou a obra, a obra que ele fez foi perfeita. Jesus cumpriu toda a lei, ou seja, não precisamos e não devemos mais nos batizarmos nas águas para termos a purificação de pecados, porque Jesus nos aperfeiçoou para sempre, não precisamos mais fazer jejuns e vigílias,  porque Jesus nos aperfeiçoou para sempre.

Vamos voltar agora ao assunto que está no 1º parágrafo deste artigo:

Muitas Igrejas dizem, através de suas ações e pregações, que o sacrifício de Jesus na cruz do calvário não foi suficiente para a nossa salvação.

sacrifício de Jesus
Pelo sacrifício de Cristo, já fomos libertos das trevas e temos a redenção e a remissão de pecados.

Vamos ver o que está escrito na Bíblia em relação a isso (fique atento para as palavras sublinhadas):

Colossenses 1:13,14

13 Ele nos libertou do império das trevas e nos transportou para o reino do Filho do seu amor,

14 no qual temos a redenção, a remissão dos pecados.

Nós já fomos libertos do império das trevas, nós já temos a redenção eterna, a remissão de pecados. Isso está CLARÍSSIMO na Bíblia. Ou seja, não precisamos e não devemos nos batizarmos nas águas para termos a remissão de pecados, fazer isso é dizer: “Jesus, o seu sacrifício não foi perfeito, por isso terei que me batizar nas águas para terminar a obra que o Senhor não conseguiu terminar na cruz”.

Efésios 1:7

no qual temos a redenção, pelo seu sangue, a remissão dos pecados, segundo a riqueza da sua graça,

Pelo sangue de Cristo derramado na cruz, já temos a redenção eterna e a remissão de pecados. Não precisamos fazer nenhum sacrifício carnal para termos a remissão de pecados. O único sacrifício válido na Nova Aliança é o Culto Racional, como está em Romanos 12:1.

Romanos 3:24

sendo justificados gratuitamente, por sua graça, mediante a redenção que há em Cristo Jesus,

Já fomos justificados por Deus, Jesus fez a obra completa, desde o sacrifício de Jesus na cruz e a ressurreição já somos justificados.

Hebreus 9:12

não por meio de sangue de bodes e de bezerros, mas pelo seu próprio sangue, entrou no Santo dos Santos, uma vez por todas, tendo obtido eterna redenção.

Mais um versículo de inúmeros versículos que dizem que temos eterna redenção. Não é verdade o assunto que muitas Igrejas dizem, que um dia o crente é salvo e que no dia seguinte ele já pode não ser salvo, por pecar… Isso não existe. O que existe é a correção que Deus dá aos seus filhos, é a disciplina de Deus, é o açoite de Deus para os seus filhos que pecam, mas não a perca da salvação.

Jesus sacrificio na cruz

1 Pedro 2:24

carregando ele mesmo em seu corpo, sobre o madeiro, os nossos pecados, para que nós, mortos para os pecados, vivamos para a justiça; por suas chagas, fostes sarados.

JESUS JÁ CARREGOU, JESUS JÁ LEVOU TODOS OS NOSSOS PECADOS NA CRUZ DO CALVÁRIO, TEMOS ETERNA REDENÇÃO, NÃO PRECISAMOS FAZER OS SACRIFÍCIOS QUE JESUS FEZ NOS DIAS DE SUA CARNE. NA CARNE JESUS ERA JUDEU, ELE FEZ TODOS OS SACRIFÍCIOS (BATISMO NAS ÁGUAS, JEJUM) PARA CUMPRIR A LEI, NÃO DEVEMOS FAZER OS SACRIFÍCIOS QUE CRISTO FEZ NA SUA CARNE, ELE FEZ OS SACRIFÍCIOS PARA CUMPRIR A LEI.

Jesus deixou claro, ele não quer que o sigamos nos dias de sua carne, devemos seguir o Cristo Ressuscitado, não devemos fazer os sacrifícios que Cristo fez na sua carne. Veja o versículo abaixo:

2 Coríntios 5:16

Assim que, nós, daqui por diante, a ninguém conhecemos segundo a carne; e, se antes conhecemos Cristo segundo a carne, já agora não o conhecemos deste modo.

 

A maioria das Igrejas não entendem estes versículos acima. Por esse motivo, o que eles fazem?

sacrificio de Crsito

Eles colocam as ovelhas em jugo de escravidão. Jesus cumpriu toda a lei, Ele nos livrou da lei e nos deu eterna redenção, mas muitas Igrejas trazem o povo de volta a lei, com inúmeros jejuns, batismos nas águas, vigílias e outros sacrifícios. Ao voltar a lei e fazer os mesmos sacrifícios que Cristo fez nos dias de sua carne para cumprir a lei, dizem em certas palavras:

“Jesus, você é um mentiroso, quando tu dizes que tomastes sobre ti os nossos pecados (1 Pedro 2:24) e os encravastes na cruz do calvário, isso que o Senhor fez não serve para nada, então eu vou aqui em um tanque, ou eu um lago, ou em um rio, e vou fazer o que o Senhor não fez, porque o Senhor  não é soberano, vou me purificar me batizando nas águas porque o Senhor não me purificou”.

Quando na verdade Jesus já nos purificou, como está escrito em Colossenses 1:14.

Colossenses 1:14

no qual temos a redenção, a remissão dos pecados.

Ou seja, nós já temos o perdão de Deus de todos os nossos pecados. Não é um mergulho em uma piscina, ou em um lago, ou em um rio, que teremos a purificação de pecados, MAS FOI O SACRIFÍCIO DE JESUS CRISTO NA CRUZ QUE NOS DEU O PERDÃO ETERNO, A REMISSÃO DE PECADOS.

 

✱✱Por fim, respondendo a pergunta do título deste artigo:

“O Sacrifício de Jesus na Cruz do Calvário Foi ou Não Foi Suficiente Para o Novo Nascimento de Todo Aquele Que Crê?”

Sim, o sacrifício de Jesus na cruz do calvário foi o ato suficiente para o novo nascimento de todo aquele que crê, foi suficiente para a salvação de todo aquele que crê em Cristo.

O novo nascimento de um filho ou filha de Deus não se dá quando ela mergulha em uma piscina, ou em um rio ou em um lago, mas o novo nascimento se dá quando a pessoa crê e recebe Jesus Cristo como seu único Senhor e Salvador, neste exato momento em que o(a) escolhido(a) confessa Jesus Cristo como seu único Senhor e Salvador, o Espírito Santo já habita nesta pessoa, tendo a mesma o batismo do Espírito Santo, como está escrito, só pode confessar a Jesus como seu Senhor, se a pessoa possuir o Espírito Santo, ou seja, se a pessoa possui o batismo do Espírito Santo. Neste momento ocorre o novo nascimento, a transformação da pessoa da água para o vinho.

1 Coríntios 12:3

Por isso, vos faço compreender que ninguém que fala pelo Espírito de Deus afirma: Anátema, Jesus! Por outro lado, ninguém pode dizer: Senhor Jesus!, senão pelo Espírito Santo.

Você que está preocupado(a) se possui ou não o batismo no Espírito Santo, o versículo acima DEIXA CLARO: SE VOCÊ CRÊ EM CRISTO COMO SEU ÚNICO SENHOR E SALVADOR, VOCÊ JÁ POSSUI O BATISMO DO ESPÍRITO SANTO.

 

 

Qualquer dúvida ou sugestão da palavra, deixe nos comentários abaixo!

Leia também este outro artigo, lhe ajudará a entender melhor o assunto deste artigo:

http://overdadeiroevangelho.com.br/estudo-sobre-o-batismo-nas-aguas/

Graça e Paz a todos! Toda a glória seja dada a Jesus Cristo.

 

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

8 Comentários


  1. Se assim for, não sei porque Jesus deu aquele mandamento em Mt 28:19-20 e qual foi aquela confirmação de Pedro quando em sua pregação em At 2:38, e sejam batizados??

    Responder

  2. O que fazemos a respeito da santa Seia o que devemos fazer devemos seguir tomando? De quanto em quanto tempo?

    Responder

    1. Olá Bruna, graça e paz! Para começarmos esta conversa, o certo a se dizer é “Ceia do Senhor” e não “Santa Ceia”. Em nenhuma parte da Bíblia se encontra a frase “Santa Ceia”, mas infelizmente algumas Igrejas usam esta expressão. Em relação ao que perguntou, Cristo disse, ainda na lei (antes de cumprir a lei na cruz do calvário), “fazei em memória de mim”, Paulo, na graça (nas 14 epístolas), ratificou isso, disse para a Igreja que também era para fazer a Ceia em memória de Cristo, até que ele volte (1 Coríntios 11:26-29). A Ceia é feito, na Igreja que frequento, uma vez por mês, no primeiro domingo de cada mês.

      Responder

  3. Infelizmente é exatamente isso que o inimigo quer que vocês pensem! Não existe isso de “salvo uma vez, salvo para sempre!”!

    Responder

    1. Olá Gabriela, graça e paz! Você tem que ter os olhos do coração iluminados para entender que o sacrifício de Cristo não foi em vão, mas foi para que tivéssemos a eterna redenção. Se tivesse a possibilidade de perdermos a salvação, o sacrifício de Cristo na cruz teria sido em vão.

      Nas linhas abaixo vou deixar um estudo sobre a salvação eterna.

      1- Com o embasamento Bíblico, aprendemos que ao confessarmos a Cristo, passamos
      a ser Novas Criaturas, e essa verdade não retrocede, ela é garantida pelo sangue de
      Jesus. O conhecimento Bíblico nos faz entender que nossa Salvação é Eterna, ela não
      se perde.

      a)Ele nos reconciliou – II Coríntios 5:18,19
      b)Somos Salvos pela Fé – Efésios 2:8

      2- O pecado na nossa vida, depois da Salvação, é um acidente não um modo de vida.
      Não perdemos a Salvação, mas por sermos de Cristo somos por Ele cuidados,
      corrigidos, ensinados. Esta é a Segurança da Salvação, Ele cuida dos dEle.

      a)Somos nascidos de Deus – I João 3:8,9
      b)Ele nos regenerou – I Pedro 1:23
      c)Temos a vida Eterna – João 3:14-18

      3- Nossa Salvação não está ligada ao tempo, não é temporária , ele é eterna com
      nosso Deus é eterno. O Sacrifício de Cristo por nós cobriu todos os nossos pecados,
      passados ,presentes e futuros. Ainda que em alguns momentos soframos
      conseqüências pelos nossos atos.

      a)Ele nos dá a vida eterna – João 10:28-30
      b)Nada nos separa do Seu amor – Romanos 8:38,39
      c)Ele nos selou – Efésios 4:30
      d)Ele nos guarda – Judas 1:24

      4- A idéia de se perder a Salvação é contra a Verdade Bíblica. Ela anula o Sacrifício
      de Cristo. Não somos perfeitos na carne, por isso nossa Salvação vem de Deus e não
      de nossos esforços.

      a)Nossa redenção é eterna – Hebreus 9:12
      b)Não vem de nós – Efésios 2:8,9
      c)Cristo não morreu em vão – Gálatas 2:17,21
      d)Foi um vez por todas – Hebreus 6:4-6

      5- Salvação eterna não é uma licença para pecar, mas uma segurança de que o
      pecado não tem mais domínio sobre a nossa vida. Quem vive na prática do pecado
      nunca foi de Deus.

      a)Somos Novas Criaturas – II Coríntios 5:17
      b)Fomos convencidos por Ele – João 14:26
      c)Rejeitar a Palavra é rejeitar Deus – I Tessalonicenses 4:8
      d)Nunca foi Salvo – I João 2:19
      e)Os de Cristo não vivem em pecado – I João 3:6

      Cristo Por seu Sacrifício por nós nos lavou e nos reconciliou com Ele. Mudou o
      nosso estado, mudou nossa natureza. Somos agora espirituais , criados segundo Ele. Estamos
      em Suas mãos e jamais seremos tirados dEla.(Atos 16:31)

      Quando não se conhece essas verdades, os crentes vivem andando em círculos, vivendo uma vida cheia de medos e com o sentimento de que se deve fazer vários sacrifícios carnais (jejuns, batismo, vigílias) para ter a garantia da salvação, garantia que Cristo já nos deu, quando morreu na cruz do calvário e ressuscitou.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *